quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Biblioteca: Enedina Bentes

Um dos 12 Poemas Vencedores para a Coletanea do V Concurso Estudantil de Poesias - Poetas Emergentes - Estrelas Que Brilham! em Manaus/AM.

Marginal
Enedina Bentes

Quando vires a chuva forte,
Quando sentires ventos destruidores,
Quando raios partirem o céu,
Prepare-se, estou chegando.

Sou forte e faço o que quero.
Quando quero, posso.
E se não posso, me rebelo.
E se me rebelo, venço.

Não conheço a palavra não,
Não entendo decepção,
Sou firme, não perco nunca,
A vida me cai como uma luva.

Se choro, saio pra chuva,
Se grito, subo à montanha,
Se mato, fujo e me escondo,
Se amo, eu te procuro.

A Viscondessa Enedina Bentes é escritora amazonense, mãe, mulher, balzaquiana, industriaria, poeta, atriz, escritora, internauta viciada, agitadora cultural na cidade de Manaus.

O TEXTO ACIMA FOI CEDIDO E AUTORIZADO POR ENEDINA BENTES

3 comentários:

  1. Olá
    Gostei do poema desta balzaquiana, como você disse.
    bjos

    ResponderExcluir
  2. Olá,passando pra agradecer a visita no meu blog!
    Lindo poema!
    bjs

    ResponderExcluir