quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Nos Aposentos da Maluf: Segundas Intenções

Segundas Intenções
Rosângela Maluf

pelo teu dorso macio

suavemente passeio

docemente deslizo

minhas mãos

na ponta dos meus dedos

tua pele é puro cetim

pra ti é apenas carinho

mas, que tem

um outro sentido

pra mim...


Acima mais um pouco do meu trabalho com formato literario de poesia.

Rosângela Maluf
http://romaluf.blogspot.com

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Música Autoral Independente: Os Agulhas



Em parceiria com a Malu Aires e a BH Indie Music hoje apresentamos o segundo vídeo da Banda Os Agulhas neste vídeo acima.

Castelo do Poeta
twitter: @castelodopoeta

MATERIAL CEDIDO E AUTORIZADO POR BH INDIE MUSIC

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Estúdio: Gabi Mello



A Cantora Gabi Mello e o Jazz Trio apresentam Cry Me a River de Ella Fitzgerald. Seu My Space e suas Crônicas.

Castelo do Poeta
twitter: @castelodopoeta

sábado, 27 de agosto de 2011

Sobre o Tempo: Rafaela Lima

video

Rafaela Lima é atriz e faz parte da Cia Ênio Reis, na cidade de Belo Horizonte. A mesma cedeu uma entrevista anterior no quadro referente ao Baile dos Artistas.

Mais Artistas no Sobre o Tempo.

Castelo do Poeta
twitter: @castelodopoeta

Sobre o Tempo: Lou Monteiro

video

Lou Monteiro é Professor de Expressão Corporal da Cia Ênio Reis na unidade do Clube dos Oficiais do Prado e também na cidade de Santa Bárbara. O artista já esteve presente no Castelo com artigos sobre figurino numa apresentação sintética de Salomé.

Mais Artistas no Sobre o Tempo.

Castelo do Poeta
twitter: @castelodopoeta

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Make da Lua: Dicas de Maquiagem

Olá Moças! Tudo em cima?

Esta semana recebi um email de uma leitora fofa (estou amando meninas, continuem mandando!) me pedindo dicas de preparação da pele, cor de base, corretivo, e a ordem de passar os produtos. Bem, vou fazer um vídeo explicando esse passo a passo, mas hoje vou falar sobre o básico.


A Preparação da Pele

É fundamental que a pele esteja limpa para receber a maquiagem. Eu tenho pele oleosa e uso para limpar a pele um sabonete de glicerina e um tônico próprio indicado pela minha dermatologista. Depois eu aplico um “primer”.


A Base Facial

É bom dar preferência a base líquida ou cremosa, pois ressecam menos a pele. Para espalhar use um pincel específico como o “duo fiber” ou esponjinhas umedecidas. Um truque é usar um tom de base mais claro que sua cor na testa, laterais do nariz, do queixo e da boca. Esta técnica vai suavizar os traços e iluminar o rosto.


O Corretivo

Para disfarças as terríveis olheiras é só usar uma cor de corretivo mais claro que a cor da base e espalhar com leves batidinhas. Para disfarças as espinhas ou outras manchinhas mais avermelhadas, é só usar um corretivo verde.


O Pó Facial Compacto

Nesta fase da maquiagem, o pó vai cobrir a base e o corretivo, matificando e uniformizando a cor da pele, pois já passamos a base e o corretivo. O Pó vai ajudar também na fixação da maquiagem. O ideal é aplicá-la com pincéis grandes e largos, para espelhar bem o produto. Já as esponjas não vão espalhar o produto podendo inclusive concentrar o pó numa parte do rosto, pesando a maquiagem.


A Sombra

A parte que eu mais gosto! Ela deve ser aplicada em tons mais escuros nos cantos externos bem perto dos cílios, na linha do côncavo e na parte inferior dos olhos também no canto externo. Os tons mais claros devem estar no centro, no canto interno inferior e superior e na linha próxima a sobrancelha para “abrir” e iluminar o olhar. Cuidado especial para a maquiagem não ficar muito carregada.


O Lápis , o Delineador e o Rímel

É importante passar lápis branco dentro da linha d’água e lápis preto em baixo dela. O delineador, de preferência líquido, deve ser passado bem rente a raiz dos cílios. O rímel preto casa bem com qualquer maquiagem, mas claro que os coloridos têm seu lugar! Hoje acredito que o que faz diferença é mesmo o curvex, pois é ele que vai alongar as pestanas!


O Blush

Deve ser passado nas maçãs do rosto. É só dar um leve sorriso e a parte do rosto que ficar sobressaltada deve ser colorida de leve com um blush até a altura das orelhas. Os tons de pêssego caem bem em qualquer pessoa. Aplica-se o blush com um pincel largo meio chanfrado, para que só as maças recebam o produto em pequenas quantidades para não parecer queimadura de sol.


O Batom

Para fixar bem o batom, é só secar os lábios e passar um primer labial ou o pó compacto. A cor deve estar de acordo com a produção. Se os olhos estão muito chamativos, prefira uma cor nude para não contrastar. Mas se a sombra for clarinha abuse dos batons cintilantes, vermelhos abertos e o gloss.


O Pó Translúcido

Para finalizar a maquiagem recomendo o uso de um pó translúcido. Como não tem cor, ele vai apenas da dar um aspecto acetinado e tirar o brilho excessivo da maquiagem deixando um aspecto muito mais natural. Normalmente ele é um pó bem soltinho, e deve ser aplicado com um pincel enorme, de cerdas macias e ser bem espalhado no rosto.


Então amores, esse é o passo a passo de uma maquiagem. Espero que gostem! Qualquer dúvida estou à disposição!
“Xo. Xo”

Lua
lualuanacosta@hotmail.com

Música Autoral Independente: Os Agulhas



Em parceiria com a Malu Aires e a BH Indie Music hoje apresentamos o primeiro vídeo da Banda Os Agulhas neste vídeo acima.

Castelo do Poeta
twitter: @castelodopoeta

MATERIAL CEDIDO E AUTORIZADO POR BH INDIE MUSIC

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Nos Aposentos da Maluf: Sem Destinatário

Sem Destinatário
Rosângela Maluf

era amor de fim do dia
amor de final de tarde
de seis horas, um pouco mais
com clarões de por do sol
tons vermelhos de arrebol
luzes de aurora boreal

era um amor sem mistério
sem palavras, sem andanças
um amor de quase noite
sem saudades, sem lembranças

amor que não fere mais
não alegra, nem atiça
amor sempre tão igual
amor de dar preguiça
sem paixão, desanimado
de tão sereno, angelical

um amor de quase noite
temendo a escuridão
um céu sem lua cheia
sem ondas molhando a areia
um amor sem metas, metades
amor de contemplação

era assim quase mentira
um amor de pedacinhos
amor de quase- nada
juntado em retalhinhos
um monte de tiras em cores
trapinhos do que já fora
nada lembrando o namoro
o fogo, tempero, amores

amor que se foi com o tempo
(e o tempo não volta atrás)
e o amor se foi de tardinha
como um barquinho solto
no cais

Acima mais um pouco do meu trabalho com formato literario de poesia.

Rosângela Maluf
http://romaluf.blogspot.com

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Música Autoral Independente: Os Decréptos



Em parceiria com a Malu Aires e a BH Indie Music hoje apresentamos a Banda Os Decréptos neste vídeo acima.

Castelo do Poeta
twitter: @castelodopoeta

MATERIAL CEDIDO E AUTORIZADO POR BH INDIE MUSIC

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Estudio: Elaine Fiora



A Cantora Elaine Fiora apresenta Giving you the best ao lado do músico Lincoln Meirelles. Mais sobre elas nos sites http://www.purevolume.com/elainefiora, http://www.palcomp3.com.br/ellafjazz, http://www.myspace.com/elainefiora.

Castelo do Poeta
twitter: @castelodopoeta

MATERIAL CEDIDO E AUTORIZADO POR ELAINE FIORA

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Luciana Sá: Dubrovnik IV



























































































































































Estas são fotos da Quarta Etapa da Exposição de Dubrovnik.

Primeira Parte
Segunda Parte
Terceira Parte
Quarta Parte
Quinta Parte

Luciana Sá
http://www.lucianasa.com.br

Biblioteca: Maria Letícia Fonseca Barreto

A Casa que eu Sou
Maria Letícia Fonseca Barreto

“Quero ser uma casa grande e branca, na beira da estrada, onde muitos passam.

Quero, na minha casa, uma cozinha alegre e arejada, com um cheiro bom de pão convidando os que têm fome.

Quero redes na varanda para receber os corpos cansados dos que andam sem rumo e se perderam no caminho… aqueles que ainda não conseguiram construir a sua casa.

Quero flores, risos de crianças e muita música na minha casa – na casa que sou eu – para alegrar tristes e desesperados.

Quero ser uma casa grande e branca, de portas sempre abertas – uma casa chamada “Vila Fé, Esperança e Amor”.

Estou construindo essa casa – ela ainda não é tão grande como eu desejaria, nem tão branca. Minhas mãos estão calejadas, minhas pernas cansadas, meu coração com taquicardia… Compreenda: dá muito trabalho cuidar de uma casa grande e toda branca, ainda em construção e já em reforma! Sempre encontro teias de aranha em algum canto.

Eu quis uma casa na beira da estrada: tenho que espanar tudo todos os dias… Às vezes me distraio e a sujeira se acumula… Eu tenho alergia por poeira!

As pessoas que entram pela casa adentro, nem sempre são cuidadosas. Algumas me ferem. Já me bateram e cuspiram na minha sala – pessoas que eu queria acolher, que eu queria amar e que eu queria que gostassem de mim. Estragaram minha casa e agora há muita coisa a consertar. Não tem importância: minhas portas continuam abertas.

Na casa que sou eu, também há um porão. Um porão sombrio, onde só entro de vez em quando. Tenho medo e sinto frio quando estou lá. Quase sempre peço alguém para ir comigo. Já achei muita coisa boa no meu porão, que serviu pra muita gente. Achei até peças antigas, preciosas, que hoje enfeitam minha sala, a sala das visitas. Mas achei também muito traste, muita coisa ruim, coisas que só serviam para ajuntar ratos e baratas. Foi pesado carregar essas coisas e jogar fora. E eu sei que lá ainda há muito lixo. É uma tarefa enorme e muito difícil limpar o meu porão… Ele é grande, do tamanho de minha casa. Eu apenas comecei a faxina.

Quero ser uma casa grande, branca e limpa. E vou ser. Um dia.

Tenho uma amiga chamada Tereza que se descreveu como um castelo de muitos quartos, um castelo de cristal. Quando a Luz o invade inteirinho, refulge em mil cores. (Santa Tereza d’Ávila)

Espero um dia estar com ela em seu castelo, por alguns instantes. Eu não sou castelo de cristal. Sou apenas uma casa grande e branca. Não quero ser mais do que posso. Também não deixo por menos: quero ser a casa branca mais bonita que eu puder construir e conservar.

Minha casa está sempre aumentando. Se lhe falo de mim, pessoalmente ou por escrito, estou fazendo pra você um quartinho especial, com flores na janela. Estou aumentando a minha casa pra você. Se você quiser ou precisar de um pouco de música, de uma rede ou de um pedaço de pão, venha: na minha casa há um cantinho pra você.

Pode ser que encontre a casa um pouco desarrumada. Pode ser até que só pão velho eu tenha para lhe oferecer. Mas a casa vai estar lá, sempre à sua espera: nem chuva, nem vento, nem enchente, nem tempestade, nem furacão conseguirá derrubá-la

porque está sobre a rocha;


porque mora comigo um amigo que me ajuda e nunca falha;

um amigo cujas palavras escuto e procuro por em prática;

por isso eu sei que minha casa é eterna

e um dia será para sempre

grande, branca, alegre e florida,

permanentemente em festa,

num lugar onde um outro amigo chamado João

disse que há muitas moradas,

todas cheias de luz.

Espero, amigo, que nós sejamos vizinhos:

eu convidarei você pra minha festa

e você me deixará participar da sua festa, na sua casa,

diferente da minha, mas igualmente alegre e bonita,

acolhedora e eterna como todas as casas

em que moram, para sempre, os que aprenderam amar.


Ocasião interessante, mas o texto acima é da saudosa Maria Letícia que faleceu há cinco anos e a veiculação veio gentilmente por intermedio de sua filha a também Escritora Laura Barreto que tem seus textos postados em seu SITE.

Castelo do Poeta
twitter: @castelodopoeta

TEXTO CEDIDO E AUTORIZADO POR LAURA BARRETO

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Make da Lua: Cindy Sherman By MAC – DETALHES

Ei pessoal! Como prometido, vou explicar mais um pouquinho da nova coleção da Cindy Sherman By MAC.

Como disse, a coleção está muito completa, muito rica e traz novamente alguns produtos fora de linha e outros da linha profissional, a MAC Pro, que infelizmente não é vendida no Brasil.

Dentre os produtos reeditados
, está o iluminador “Mineralize Skinfinish lighscapade” lançado originalmente em uma coleção com edição limitada em 2006. Assim como todos os iluminadores “mineralize Skinfinish”, o Lighscapade é bem fininho com seus pigmentos em cores frias e bem misturadinhos, e como o mix de tonalidades é versátil, ele funciona bem para qualquer cor de pele.

O diferencial de
le é baseado na quantidade de produto que você quiser passar. Ele pode dar um efeito simples de “shine” no rosto bem esfumado, como um “Power to shine”, usado junto ao blush, mesmo numa sobreposição de camadas. Vale a pena olhar com amor o produto.

A linha MAC P
ro, é especifica para profissionais do ramo, mas seus produtos podem ser comprados por qualquer pessoa, só que não são todas as lojas da MAC que disponibilizam esta linha. Essa linha costuma der produtos maiores, cores mais diversificadas e pincéis específicos, como por exemplo, o “pincel lápis” para fazer o contorno do nariz. Também desta linha, nasceu o “Lip Erase” que é um apagador de boca. Eu particularmente amei esse produto em especial! Por que um batom nunca fica igual em ninguém, pois cada um tem seu tom natural de lábio e o batom acaba se misturando a este tom. Mas com o “Lip Erase”, o batom mantém a sua cor original. O Lip erase vem em dois tons, para lábios mais claros e mais escuros. Sua consistência é de um balm, podendo ser passada com o dedo mesmo. Genial!

Com certeza, esses dois produtos me chamaram muito a atenção
pela versatilidade de uso. Já estão na minha “Wish List”! E vocês, estou loucas para experimentar a nova linha?

“Xo. Xo”

Lua

lualuanacosta@hotmail.com

Música Autoral Independente: Consciência Suburbana



Em parceiria com a Malu Aires e a BH Indie Music hoje apresentamos a Banda Consciência Urbana o neste vídeo acima.

Castelo do Poeta
twitter: @castelodopoeta

MATERIAL CEDIDO E AUTORIZADO POR BH INDIE MUSIC

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Nos Aposentos da Maluf: Submissa

SUBMISSA
Rosângela Maluf

Tuas mãos fortes
a me conter,
gosto de senti-las
Gosto dos teus olhos
dos teus cabelos
do teu jeito doce de ser
gosto do seu sorrir
gosto do seu falar
e gosto ainda mais
quando me chama
pra namorar

Do teu corpo unido ao meu
gosto de tudo
do gosto, cheiro e suor
do nosso ritmo de fazer amor
Gosto da tua presença
teu jeito de menino
teu lado feminino
teu modo ingênuo de ser
gosto de tudo em ti
mas gosto ainda mais
de ser tua mulher

Acima mais um pouco do meu trabalho com formato literario de poesia.

Rosângela Maluf
http://romaluf.blogspot.com

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Música Autoral Independente: Monograma



Em parceiria com a Malu Aires e a BH Indie Music hoje apresentamos a Banda Monograma neste vídeo acima.

Castelo do Poeta
twitter: @castelodopoeta

MATERIAL CEDIDO E AUTORIZADO POR BH INDIE MUSIC

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

No Panamá do Poeta: Rosa Antuña

Parte I




Parte II




Parte III




Parte IV




Parte V - Final




João Lenjob entrevista, através da TV Castelo no quadro no Panamá do Poeta, uma das Bailarinas de maior status e currículo no cenário nacional atual, Rosa Antuña. Mais informações sobre ela através do ROSA ANTUÑA.

Catelo do Poeta
twitter: @castelodopoeta

Luciana Sá: Dubrovnik III




















































































































































































Estas são fotos da Terceira Etapa da Exposição de Dubrovnik.

Primeira Parte
Segunda Parte
Terceira Parte
Quarta Parte
Quinta Parte

Luciana Sá
http://www.lucianasa.com.br

Biblioteca: Stanley Mendes

Traços (in) Versos
Stanley Mendes

Gestos soltos ao vento
Traço
Palavras perdidas no tempo
Verso.
Traço
Versos sem usar palavras
Poesias sem rimas
Faço.
Para provar carinho
Abraço
Para falar de amor
Eu verso
Para fazer amor
Eu traço.

Na Biblioteca da vez o grande escritor e grande promessa da Literatura o mineiro Stanley Mendes.

Castelo do Poeta
twitter: @castelodopoeta

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Make da Lua: Cindy Sherman By MAC

Olá meninas!! Hoje tenho novidades!

A MAC (mac.com) vai lançar sua nova coleção de outono temática. A convidada da vez é a fotógrafa e diretora de cinema norte-americana Cindy Sherman, famosa por seus expressivos auto-retratos. Nesta campanha ela se transforma em três personagens que servem de inspiração para a coleção. As fotos são bem coloridas e chamativas, assim como as cores que virão.

O grande diferencial desta coleção, é a volta de produtos da MAC fora de linha, e que foram reeditados em novas versões, como o iluminador “Mineralize Skinfinish Lighscapade”, e alguns trazidos da MAC Pro (linha profissional da MAC) para as lojas, como o “lip erase” um apagador de boca, que neutraliza a cor natural dos lábios para que o batom reflita toda intensidade de sua cor.

A coleção é composta por:

Dois fluidlines: Ash Violet e Blacktrack
Oito cores de batons: Fleshpot (Satin), Violetta (Amplified), X-S (Satin), Plum Bright (Satin), Neon Orange (Amplified), Show Orchid (Amplified), Fusion Pink (Amplified), Ruby Woo (Matte)
Um Lip Erase: Dim
Oito cores de pigmentos: Tan, Emerald Dusk, Blue Storm, Starless Night, Neo-Orange, Magenta Madness, Violet, Golden Olive
Dois quadros de sombras: Parlor Smoke (Parlor Smoke, Cross Cultural, Steel, Indico), Angel Flame (Chamomile, Feather Pink, Angel Flame, Gravel)
Um bronzing powder: Solar Riche
Duas cores de esmaltes: Coco Clay, Oyster Shell
Cinco cores de sombras: Three ring yellow, Real mid-tone red, Blue Candy, Shock-a-holic, Royale
Quatro cores do Lápis Chromagraphic: Process magenta, Basic Red, Hi-Def Cyan, Rich Purple
Dois tons de Mineralize skinfinish: Lightscapade e Porcelain Pink
Um delineador Penultimate Jumbo: Rapidblack
Quatro lipglasses: C-Thru, Pink Fade, Orange Tempera, Good Times

Semana que vem, mostro mais detalhes desta imperdível coleção que chega às lojas brasileiras em outubro! Há tempos não vejo uma linha tão fabulosa!

Nem preciso dizer que meu coração está acelerado!

“Xo. Xo”
Lua
lualuanacosta@hotmail.com

Música Autoral Independente: Luis Curinga



Em parceiria com a Malu Aires e a BH Indie Music hoje apresentamos Luis Curinga neste vídeo acima.

Castelo do Poeta
twitter: @castelodopoeta

MATERIAL CEDIDO E AUTORIZADO POR BH INDIE MUSIC

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Nos Aposentos da Maluf: Uma sonata de Mozart

Uma sonata de Mozart
Rosângela Maluf

De olhos abertos
Vejo o teto
Asséptico
Branco
Do meu quarto de dormir
Fecho os olhos
E num instante
Já não estou mais ali

De olhos fechados
Vejo um teto
Espelhado
Iluminado
Por dois corpos nus
Entrelaçados
Num abraço
Quase um nó

E ouço ao longe
Uma sonata de Mozart
Em dó...

Acima mais um pouco do meu trabalho com formato literario de poesia.

Rosângela Maluf
http://romaluf.blogspot.com

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Música Autoral Independente: Onze




Em parceiria com a Malu Aires e a BH Indie Music hoje apresentamos a Banda Sufoco neste vídeo acima.

Castelo do Poeta
twitter: @castelodopoeta

MATERIAL CEDIDO E AUTORIZADO POR BH INDIE MUSIC

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Biblioteca: João Lenjob

Os Dois Cinquentenarios
João Lenjob

Se somadas a minha idade e as idades dos meus irmãos o resultado é exatamente um século e secular se torna nos próximos momentos a Julieta Carneiro Marques. Pode até parecer mentira mas inclusive muito jovial, com sorriso melindroso e a cabeça completamente no lugar, com ansios normais de uma pessoa que viveu 100 anos, mas não de uma que tem 99 e sim de uma pessoa que tem dez, depois vinte, depois trinta, depois e depois e depois. Será se somam-se também as vidas que cada um dentre os entes da minha casa teve? A tristeza sei, é mais difícil de esquecer, mas creio que se juntadas uma alegria ao ano são cem motivos para sorrir. A nobreza desta jovem senhora é algo a ser exemplar e eu imagino que todos tiveram com lições seus ensinamentos, sua força, sua gana quando nas perdas e sua solidariedade quando nos ganhos. Acredito que, cada um tem mais de cem motivos para amar Leleta Carneiro, a minha estimada e eterna Tia que já se acostumou tanto com a vida que a vida ficaria muito diferente sem ela. Por isso sim ela está e é como um elo entre céu e Terra aqui a nos encaminhar e servir de sobremesa a sua simpatia e elegância. Sem deixar de relatar claro que ninguém mais colecionou irmãos, filhos, netos, bisnetos, sobrinhos, sobrinhos-netos, bisnetos e toda esta sequencia heraldica que parece ser só dela e ainda com tantas pessoas e tantos frutos ela soube, graciosamente, conhecer todos, citar sobre todos, perguntar sobre todos e pasmem: sentir falta. Seria ela então a dona da memória diamantosa?? Nada!! O coração que nasceu há cem anos já perolado e durante esta enorme passagem de dez décadas ela foi lapidando um, outro, mais outro, outro mais e o seu. Aprendeu ensinando e ensinou aprendendo com o gabarito de uma pessoa que para todos nós já é eterna. Divide-se então o século mais querido da Região do Vale do Aço em dois cinquentenários, de duas marcas e entitula-se: vai o primeiro: De Alegria e o segundo: De Muita Alegria. Para ela?? Sim. Tenho certeza! Para nós?? Claro! Como não deixar de ser?? Ela é a lembrança divina, correta e sincera que seu sorriso vale e Cem Anos.

Execpcionalmente escrevi para o Castelo e usei um texto em homenagem a uma Tia que está completando 100 anos. Hoje não vim como Duque, Produtor, Editor do Castelo e sim como Artista Poeta Visitante e deixei aqui a marca em homenagem à Leleta Carneiro. Inspirado na ocasião que o colega Marcos escrevera ao seu avô que falecera escrevo à minha tia que vivera e espero que todos gostem.
Tia Leleta Nas próximas horas a senhora completará um século e adiantei através do Castelo e em nome de seu grupo e de familiares o nosso voto de sucesso e mais Cem Anos!!

João Lenjob
twitter: @lenjob

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Sobre o Tempo: Rosa Antuña

video

Participando do Sobre o Tempo desta vez uma das maiores artistas do Brasil pelo versátil, rico e tão completo Currículo e que pelo Castelo é participação frequente desde o inicio. A Dançarina Rosa Antuña é talento puro e nato. Para saber mais dela em ROSA ANTUÑA.

Mais Artistas no Sobre o Tempo.

Castelo do Poeta
twitter: @castelodopoeta

Biblioteca: Marcos Cardinelli

Dicionário Pessoal
Marcos Cardinelli

Pássaros voam e cantam pelo céu azul de uma manhã silenciosa de sábado. O silêncio é humano e incomoda aos ouvidos que insistem em ouvir apenas o canto dos pássaros. Este cantar sempre remete a outras sonoridades muito familiares como assovios, palmas e risadas.
Em uma manhã silenciosa de sábado, passeando pelo centro da cidade, eu pude conhecer o verdadeiro significado de duas palavras: ausência e saudade. Eu conheci a ausência ao perceber a falta de alguns certos passos pela principal rua da cidade e o vazio em uma das janelas mais conhecidas pelos habitantes da rua. Eu conheci a saudade ao querer entrar na casa que os meus olhos insistiam em olhar e, principalmente, a casa onde eu cresci cuidado por avós que foram mais do que somente avós, e não ter forças para subir os degraus sem ter a mesma presença a minha espera.
O significado dessas palavras tornou-se singular e significante quando eu insisti em procurar por uma pessoa que a minha consciência saberia que não seria possível achar, mas o coração insistia em buscar na memória as melhores lembranças. Assim, olhando para o mesmo céu azul, todas elas passaram a dominar a minha cabeça e em uma velocidade sagaz. As lembranças surgiram em minha memória com a mesma velocidade do vôo livre de um pássaro que tem a ambição de dominar o seu verdadeiro espaço ou como a união entre doze pequenos pássaros, que se unem para bater a cada hora, cada um ao seu momento, o cantar do relógio, que fez mil voltas ao longo de quase um século.
Eu, assim como ninguém, imaginava em momento algum que aquele ser tão incrível, fosse um dia não estar mais presente em nosso convívio. Foi quando, finalmente, eu conheci o verdadeiro significado das palavras ausência e saudade. Assim, fica a ausência e a saudade dos muitos assovios, a fartura inigualável, o cheiro do café, as palmas aleatórias, a coleção de gaiolas, os chapéus incomparáveis, as anotações numeradas, as risadas empolgadas e a imensidão de bilhetes lotéricos. Principalmente, fica a ausência e a saudade dos passos frequentes pela principal rua da cidade e a presença tranquila em uma das janelas mais conhecidas pelos habitantes da rua.
Contudo, quando a saudade insistir em doer, eu recomendo a todos que procurem na imensidão do céu algum pássaro, que livre ou cantante, possa acalmar os nossos corações cheios de saudade e que tragam com o tempo a tranquilidade e a serenidade tão necessárias neste momento e que eram as características mais marcantes deste pássaro a quem eu dedico o meu sábado cheio de ausência e saudade e no qual eu preencho o meu dicionário pessoal.

Esta homenagem do Ator e Escritor da Terra do Castelo, Nova Era, foi para seu avô Senhor Sérgio Gonçalves que faleceu na última semana.
Em nome de todos os Duques e Marqueses do Castelo, parafraseio a demonstração afetiva acima para deixar os votos de sentimentos ao Marcos que está sempre presente aqui com sua arte e aos seus primos colaboradores Vinícius Inácio e Christiano Araújo, todos netos deste já saudoso homem e a seus familiares.

João Lenjob
twitter: @lenjob
http://lenjob.blogspot.com

TEXTO CEDIDO E AUTORIZADO POR MARCOS CARDINELLI

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Make da: Lua: Hello kitty By Shephora

Olá Mocinhas!!

Vocês vão morrer com o post de hoje, por que eu estou toda derretida aqui.
Eu amo maquiagens fofas (confesso: eu amo todas as maquiagens!), mas as rosinhas, bem femininas têm lugar garantido em meu coração.
Rodando pela
internet esta semana descobri uma coisa tão lindinha.
O Tem
plo das “maquimaníacas”, a toda poderosa Shephora lançou mais uma coleção com o tema Hello Kitty. Eu nunca vi uma coleção tão linda. Não posso falar da qualidade dos produtos, pois não tiv

e oportunidade de testá-los. A Sephora não tem lojas no Brasil, mas a marca é uma das melhores do mundo.

A nova coleção é no estilo “Street Style”, toda moderna e com desenhos da Hello Kitty grafitada. Nem tenho muito que comentar só mesmo babar.
A linha é composta de cinco pincéis coloridos com case (U$ 49), estojinho de quatro sombras com duo de blush(U$ 35), colônia de maça verde com baunilha (U$ 18),

espelho (U$ 18) e nécessaire (U$ 28).

Eu achei que nesta nova versão da Hello Kitty by Shephora as cores seriam mais intensas, seguindo a tendência “color block”, e para diferenciar da Primeira Coleção, que era mais clássica, mas mesmo assim está tudo lindo, bem jovial!

E vocês? O que acharam? A hello kitty grafitada também arrebatou os seus corações?

“Xo. Xo”

Lua
lualuanacosta@hotmail.com