terça-feira, 13 de março de 2012

Com o Cetro: Sarah Alves

Quadro para profissionais da Cultura Brasileira com perguntas fixas elaboradas por João Lenjob inspirado no Livro Entrevistas de Clarice Lispector. Outros Profissionais com o Cetro.

Sarah Alves, Mineira, Atriz, Cantora, Educadora


Você critica seus próprios trabalhos?
O tempo todo! Uma vez um professor de faculdade me disse que não há a tal crítica construtiva. Ela é realmente destrutiva. Serve para o desequilíbrio, para te levar ao poço pois só assim vai fazer com que procuremos uma saída, um meio de ver a luz de novo. E, é nessas quedas que temos a chance de fazer o que já foi feito cada vez melhor. A necessidade faz a oportunidade. O bom não basta, tem que ser super!

O que é o amor? 
Algo muito além daquilo que nós simples mortais possamos imaginar. É renúncia, alegria por simplesmente estar ao lado de quem se gosta sem querer tê-la somente para si. É querer que o outro seja livre, pois só assim terá a chance de poder estar sempre ao seu lado. É sentimento incondicional, tolerância, perdão, compreensão, DESAPEGO! Nós seres humanos ainda temos muito o que evoluir pra entender isso. 

As conquistas interferem na vida pessoal?
Não interferem, fazem parte. É preciso conquistar para que se tenha cada vez mais vontade de se realizar coisas maravilhosas! Vida pessoal e profissional andam e devem andar juntas, pra que haja um certo equilíbrio. Ninguém é feliz com realizações somente no campo social ou profissional.

Qual o maior momento da carreira?
Aquele em que conseguimos ver nos olhos do espectador, ao final de uma apresentação, um brilho diferente, seja ele de satisfação, de magia, de alegria, de confusão, de surpresa, de transformação. Sensação de tarefa cumprida, o que só pode ser alcançado se estamos satisfeitos e plenos com nosso trabalho.

Quando você sabe que vai dar certo algum trabalho?
Quando aceito um trabalho dou o meu melhor, querendo que tudo dê certo. E é assim que a mágica acontece. Uma pitada de dedicação, suor e vontade de fazer! Já basta pra se fazer uma grande explosão naquele espaço mágico que é o palco. Com esta mistura, não tem como dar errado.

Como você acha que o Castelo pode ser exemplar ou inspirador através da sua pessoa?
Contagiando e instigando as pessoas com a arte que acredito, por ser tudo completamente verdadeiro e pulsante. 

O seu trabalho é a coisa mais importante de sua vida?
Não. Viver junto e compartilhar coisas que acontecem na minha vida profissional com minha família, meu marido e grandes amigos, sim! 

O que você mais deseja atualmente?
Estabilidade financeira, manter a família unida e novas oportunidades no teatro e na música.

Como as pessoas podem interferir no seu trabalho?
Não interferem. Podem contribuir torcendo por nós. 

Quais os profissionais da arte, moda, esportes, educação, saúde e afins você mais admira pela natureza profissional e pessoal?
Não dá pra listar todos, mas alguns como Glória Pires, Raul Cortez, Clarice Lispector, Machado de Assis, Oscar Wilde, Wagner Moura e Selton Mello. 

Conhecida há pouco tempo do Lenjob, Sarah chega ao Castelo dando graça e talento. Especial e versátil ela voltará. Os créditos de sua foto são de Wolfgang Wagner.

Castelo do Poeta
twitter: @castelodopoeta

Um comentário:

  1. Jefferson de Medeiros13 de março de 2012 12:23

    Tenho orgulho de dividir o palco com uma pessoa tão talentosa e especial. Torço d+ por vc, Sarinha! Minha irmã de pena e companheira de tons ;)

    ResponderExcluir